lypse@lypse.com.br

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

MODA PLUS NO BRASIL

Oi!! Como vai? Tudo bem?

Eu estou ótima! Correndo com a nova coleção que está lindíssima.

Hoje meu post será referente à MODA PLUS no Brasil. Há quase três anos, como muitos já sabem, resolvi encarar o desafio de produzir roupas para gordinhas. Motivo??? Eu mesma. Engordei muito, (de 2002 a 2011), e em abril de 2010 comecei a "brincar" de produzir.
Nessa, comecei a vender e deu certo! Olha eu aqui com a Lypse Moda Plus. Entretanto, o motivo pelo qual comecei a fazer minhas próprias roupas, foi a falta de opções no mercado. Eu queria vestir com o "MEU estilo" e não parecendo um saco, como aqueles que vendia na Avon de cobrir botijão de gás. As roupas eram muito feias, sem cortes, na maioria estampadas. Não era o que eu queria pra mim. 

Porém, isso vem mudando. Este cenário está bem diferente do que quando eu comecei. As opções de atacadistas estão crescendo e de varejistas também. Isso é bom, aliás, é ótimo!
Bom pra nós, gordinhas e bom pra nós, empresários do ramo. A concorrência acrescenta, a meu ver.

Está crescendo tanto no Brasil que hoje temos alguns desfiles focados em moda Plus Size, mas o maior é, sem dúvida, o FWPS - Fashion Weekend Plus Size, que já está em sua 7a edição.
Aconteceu neste último fim de semana, dia 23/02. Eu não pude ir dessa vez, mas já fui em 3 edições e gosto muito de prestigiar este evento. Você conhece? Não? Então veja mais aqui: Vídeo FWPS ou Site Oficial

Falando em crescimento da moda plus, no exterior podemos constatar que esse processo de evolução já passou por lá há bastante tempo. E, para ilustrar, segue uma foto do Oscar 2013, da lindíssima e admirada por quase todas as gordinhas, Mrs. Adele. Adoro suas músicas e mais ainda seu estilo e personalidade. Adele estava, mais uma vez, MARAVILHOSA. 



Bom, é isso. No próximo post, falarei sobre a nova coleção. Lembro que nossa promoção está no fim, venha aproveitar! Já temos na loja alguns novos modelos. O Preview out/inv 2013. Te espero! Um grande beijo e até mais, Theresa.










Nenhum comentário:

Postar um comentário